Olá!

No ano passado ouvi um podcast no Braincast sobre o papel feminino na ficcção e comentaram sobre o teste de Bechdel, quem quiser conferir o áudio pode acessar aqui. Esse é um teste bem simples que consiste em avaliar a participação feminina em obras de ficção como filmes por 3 aspectos:

  • O filme precisa ter no mínimo duas personagens femininas;
  • As mulheres conversam uma com a outra;
  • E por último, elas conversam sobre algum assunto que não seja o homem.

Origem do teste de Bechdel

“O teste de Bechdel pergunta/questiona se uma obra de ficção possui pelo menos duas mulheres que conversam entre si sobre algo que não seja um homem. Algumas vezes se adiciona a condição de que as duas mulheres tenham nomes. Muitas obras contemporâneas falham no teste, que é um indicativo de preconceito de gênero. Em média, filmes que passaram no teste possuíam orçamento mais baixo que outros, mas um desempenho financeiro melhor ou equivalente.

O teste recebe o nome em homenagem à cartunista norte-americana Alison Bechdel. Em 1985, uma personagem de seus quadrinhos Dykes to Watch Out For expressou a ideia, que a autora atribuiu a sua amiga Liz Wallace. O teste foi originalmente criado para avaliar filmes, mas é também aplicado para outras mídias.” Fonte

Pode parecer algo muito simples que os filmes e series atendam esses 3 requisitos, mas quando começamos a analisar percebemos que temos muitos filmes que não passam. O problema em não atender a esses aspectos é a representação de forma inadequada da mulher nessas obras que muitas vezes acabam assumindo papéis secundários ou fúteis.

Um filme recente que passa com louvor no teste de Bechdel é o Mad Max. Quando assisti no cinema fui sem ter visto nenhum dos anteriores e me surpreendi com a personagem forte da Charlize Theron, não vou contar detalhes para não dar spoiler para quem não viu e recomendo que vocês vejam. Se você já assistiu esse filme vale a pena conferir o podcast do Mamilos que comenta sobre o feminismo retratado no filme e os motivos pelos quais ele passa no teste de Bechdel também são abordados, clique aqui.

Depois que conheci esse teste comecei a pensar nas séries que acompanho e se elas passariam na avaliação, atualmente estou assistindo algumas, são elas:

  • The Good Wife;
  • The Affair;
  • Modern Family;
  • Breaking Bad;
  • How to Get Away with murder;
  • Orphan Black;
  • Halt and Catch Fire.

Comecei a analisar pensando também nos personagens fixos das séries porque dependendo do episódio pode aparecer uma figurante andando pelas ruas e pensei que não era por isso que deveria classificar como uma personagem mulher.

Das séries que listei entendo que a maioria delas passa no teste, na minha visão a The Affair seria a única que não passaria. Porém, dessa lista somente algumas tem mulheres como personagens principais ou que tem um papel interessante na trama, considero que The Good Wife é um exemplo disso, com mulheres inteligentes, divertidas e bem vestidas e outro é How to Get Away with murder. Outro seriado que recomendo principalmente para quem é da computação é o Halt and Catch Fire com duas personagens femininas que fazem a diferença e dá orgulho para quem é dessa área. Nas demais séries as mulheres tem papéis secundários e em alguns casos não são tão interessantes.

Pesquisei e encontrei um post que lista alguns filmes que passam nesse teste e pode ser acessado aqui. Já pensou se as séries que você assiste passaria no teste de Bechdel?!

Compartilhe

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *