O dia em que uma mulher quebrou 30 anos de silêncio na NFL

Olá!

Está semana a americana Beth Mowins narrou um jogo da NFL no dia 11 de setembro depois de completar 30 anos desde que a última mulher narrou um jogo da liga de futebol americano. Ela será a segunda mulher a narrar um jogo da NFL e a primeira a fazer um jogo transmitido pela televisão.

A Beth tem uma carreira bastante sólida no jornalismo esportivo, ela é narradora desde os anos 90. Separei algumas notícias sobre esse feito histórico, para conferir as matérias é só clicar nas imagens!

O blog Elas no ataque da Maria Eduarda Cardim e Maíra Nunes fizeram uma matéria sobre a trajetória da Beth

No Brasil, a ESPN convidou a Paula Ivoglo para comentar o mesmo jogo.

A Paula tem um site que sobre a NFL chamado NFL de bolsa

 

E no vídeo abaixo vocês podem conferir um pouco da narração da Beth no jogo do do Chargers vs. Broncos

Como infelizmente ainda acontece, teve muitos comentários preconceituosos nas redes sociais só pelo fato da narradora ser mulher. Mas é um passo por vez, acredito que temos que persistir sempre e depois desse jogo eu só espero ver a Beth narrando mais jogos! 😀

Como a comunidade Python trabalha em prol da diversidade?

Olá!

O Twitter é uma das redes sociais que mais uso, principalmente porque consigo saber de várias notícias em poucos minutos. E foi assim que vi um comentário do professor Fernando Masanori sobre como a comunidade Python é receptiva em relação a comunidade LGBTT.

Aproveitei o gancho para fazer uma entrevista sobre diversidade com ele, a Naomi Ceder que atua como chair da directoria da Python Software Foundation, ela  também é a co-fundadora do Trans*Code, um hackday para a comunidade trans, com eventos no Reino Unido, Suíça e EUA. (http://trans.tech, @trans_code) e a desenvolvedora de software Mirian Retka e já posso adiantar que ficou demais!

Blog: Como é o trabalho do projeto Python para promover a diversidade? é algo direcionado para o público LGBTTT ou abrange mulheres, negros e minorias em geral?
Naomi: O trabalho começou principalmente dirigido para as mulheres em geral. Então, à medida que o foco se ampliou, as pessoas LGBT e outras minorias tornaram-se mais visíveis e aceitas. Isso aconteceu primeiro nos EUA, mas agora também está acontecendo no Reino Unido, Europa, Brasil e outros paises.
Em 2014, na PyCon US, tivemos nosso primeiro encontro de Pythonistas LGBT e todos ficamos surpresos com o fato de que 15 de nós estivéssemos na conferência. Agora estamos muitos mais.
Fernando: Como a Naomi disse no seu Keynote na Python Brasil, as comunidades em cada país estão procurando promover não só a diversidade, mas também a inclusão de qualquer tipo de pessoas. Eu trabalho no grupo de trabalho que aprova pedidos de verba para projetos. A composição deste grupo dá uma ideia do esforço pela diversidade, onde você verá pessoas da África, Índia, América do Sul representadas. Em vários pedidos de verba para conferências, eu sou testemunha de que houve um questionamento para pedidos de eventos onde não houvessem poucas ou nenhuma mulher nas palestras. Além disso *nenhum* pedido é concedido a um evento, qualquer evento, que não tenha Código de Conduta. E não qualquer CoC, mas que possuam garantias mínimas, segundo um padrão adotado pela PyCon US.

(more…)

Oportunidade de trabalho: Vaga para desenvolvimento (Front end e Back end)

Olá,

Está semana a Camila entrou em contato para a divulgação de uma vaga para trabalho na empresa dela. Essa vaga é para São Paulo, confira abaixo os requisitos necessários.

Empresa: Globalty
Start Up com mentoria da Escola de Negócios do Sebrae que busca melhoria sua versão de de homologação e continuidade de desenvolvimento. Projeto inovador e com muitos desafios, que certamente somará muito aos participantes.

Descrição da vaga:
Buscamos especialista em desenvolvimento e implementação de  sistema Web (FRONT END e BACK END), nível pleno/sênior, com as qualificações abaixo e que tenha disponibilidade para participar do projeto por 90 dias.
Requisitos:
Experiência com: HTML 5, CSS3, Jquery e Jquery UI, Java Script, Ajax, Bootstrap 3, Jquery-mask, parallax.js-1.4.2, DataTables-1.10.15, Slim Image, Font Awesome. PHP Versão 5.5.12 e Servidor apache 2.4.9, padrão MVC. Banco de Dados – MySQL.Atuar com PagSeguro.
Modelo de contratação será autônomo ou PJ.
Região: ABCD – SP

Dados de contato, enviar e-mail para  camila.machado@globalty.com.br

Auxílio hospedagem e alimentação para o IHC 2017!

Olá!

Se você é autor de artigo no XVI Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais poderá concorrer a uma bolsa auxílio para hospedagem e alimentação.

Para participar é necessário preencher este formulário https://goo.gl/forms/myJ11U6pwAEmW8I53

Quem pode se candidatar?!

Podem se candidatar estudantes de fora de Joinville que têm artigo completo, curto, pôster, demo, ou artigo em workshop aceitos, e que não tiveram apoio de sua instituição para participar do evento.

Serão priorizados primeiros autores de artigo completo, curto, pôster/demos e workshop, nesta ordem. Serão selecionados 5 ou 6 estudantes autores para terem 4 dias de hospedagem (em quartos compartilhados com outro estudante selecionado) e auxílio alimentação.

Fique de olho nos prazos, as inscrições serão aceitas até o dia 15 de Setembro, o resultado será divulgado no dia 25 de setembro.

Boa sorte a tod@s!

Inscrições prorrogadas para o Building Movements – Feminismos Contemporâneos

Olá!

Até o dia  01 de setembro estão abertas as inscrições de projetos para o edital Building Movements – Feminismos Contemporâneos. Então, se você participa de um projeto que promova os direitos das mulheres pode participar. Existem duas categorias:

Propostas “Cross-movements”
São as que visão o diálogo, aproximação e/ou ação conjunta entre diferentes segmentos dos movimentos feministas e de mulheres, que sejam
intergeracionais e/ou que reconheçam a diversidade promovendo o encontro entre sujeitos políticos dos movimentos de mulheres no Brasil (mulheres jovens, indígenas, negras, do campo, trans, trabalhadoras domésticas, lésbicas, com deficiência, vivendo
com HIV/Aids, prostitutas, estudantes, quilombolas etc.)

Propostas “Cross-Countries”
Propostas que visem o diálogo, aproximação e/ou ação conjunta entre grupos, coletivos, organizações ou redes dos movimentos feministas e de mulheres do Brasil com outros países da América Latina, bem como com o Reino Unido.

 

(more…)

TI por Elas: Natália Sautchuk

Olá!

Hoje vamos conhecer a trajetória da Natália Sautchuk, ela é de São Paulo, Engenharia da Computação pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, possui Mestrado em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Sub-área de estudo foi engenharia de software) e atua na área de desenvolvimento de software! Confira a entrevista abaixo.

Blog: Qual a sua profissão/empresa?
Tenho várias no momento
–  Assessora Técnica do Comitê Gestor da Internet no Brasil
–  Professora do Curso Técnico em Informática para Internet do Centro Paula Souza
–  Professora do Curso “Programador de Sistemas” do SENAC São Paulo

Blog: Qual a sua àrea de atuação na TI?
Engenharia de Software, desenvolvimento de software

Blog: Há quanto tempo trabalha na área de TI?
Há cerca de 8 anos.

(more…)