mulheres

Oportunidade: ONU Mulheres seleciona, até 29/6, consultorias para elaboração de conteúdos e facilitação

A ONU Mulheres torna público o processo seletivo de contratação de duas consultorias para o Curso de Comunicação, Saúde e Direitos das Mulheres. O prazo para a aplicação das candidaturas se iniciou nesta sexta-feira (23/6) e se estenderá até 29 de junho. O curso tem como propósito incentivar a qualificação da cobertura local na imprensa e em veículos de comunicação comunitários e web 2.0/3.0 sobre a realidade das mulheres infectadas pelo vírus zika e arboviroses, articulando os direitos sexuais, direitos reprodutivos, prevenção e eliminação da violência contra as mulheres, tomando por base a garantia das mulheres ao direito humano à comunicação e o incentivo ao empoderamento político e econômico.

Uma das consultorias atuará na elaboração de conteúdos, incluindo a preparação de Guia de Comunicação sobre Saúde e Direitos das Mulheres para Jornalistas, Comunicadoras e Comunicadores, adaptação de metodologia para o curso e análise de notícias sobre saúde e direitos das mulheres, especialmente no contexto da tríplice epidemia. A outra consultoria fará a facilitação do curso em módulos distintos para jornalistas, comunicadoras e comunicadores, atualização de plataforma digitais com registro das atividades do curso e produção de relatórios técnicos.

Dentre os requisitos mínimos para as duas consultorias, estão: ensino superior completo em Jornalismo e experiência profissional mínima de cinco anos, em comunicação e gênero, raça e etnia e/ou comunicação e saúde, entre outros. As candidaturas deverão ser encaminhadas por correio eletrônico para compras.br@unwomen.org até as 23h59 (horário de Brasília) de 29/06/2017, contendo no assunto da mensagem o nome da seleção da consultoria.

Para saber mais clique AQUI.

Fonte: Site ONU Mulheres

Participe do Prêmio Curitibana Empreendedora

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Curitibana Empreendedora, essa é uma iniciativa da Agência Curitiba de Desenvolvimento para reconhecer o trabalho das mulheres e inspirar os negócios criados por elas. Para participar é necessário residir em Curitiba – PR, o prêmio é dividido em 3 categorias: Micro e pequena empresa, Microempreendedora individual e Ideia empreendedora.

As inscrições vão até o dia 15 de junho e podem ser feitas no site http://www.agenciacuritiba.com.br/

Participe do 5º Encontro Nacional de Mulheres na Tecnologia

Olá!

Nos dias 02 e 03 de Junho vai acontecer em Goiânia – GO o Encontro Nacional de Mulheres na Tecnologia.

Esta será a 5ª edição deste evento. Uma característica muito interessante é que a programação é composta por mulheres e tem muito conteúdo legal nas palestras, mini cursos e mesas redondas!

 

 

 

 

 

 

Para fazer a sua inscrição acesse o site http://encontro2017.mulheresnatecnologia.org/

Vale lembrar que o preço promocional das inscrições só vai até o dia 28 de maio.

Ajude no Financiamento Coletivo para o Instituto Maria da Penha

Olá!

Muitos de vocês já devem ter ouvido falar na Lei Maria da Penha, que foi estabelecida para aumentar o rigor nas punições dos crimes domésticos. Infelizmente a violência contra a mulher ainda é constante no Brasil e felizmente essa lei tem ajudado a melhorar a vida de muitas mulheres. As principais mudanças que aconteceram após a criação dessa lei dizem respeito aos seguintes aspectos: Competência para julgar crimes de violência doméstica, Detenção do suspeito de agressão, Detenção do suspeito de agressão, Desistência da denúncia, Penas, Medidas de urgência e medidas de assistências.

(more…)

TI por Elas: Luciane Baldo

Olá!

Hoje vamos conhecer a trajetória da Luciane Baldo, assisti uma palestra no Agile Brazil do ano passado e entrei em contato com ela para podermos conhecer um pouco mais sobre a história dela na TI.

A Luciane nasceu na cidade de Dois Vizinhos, Sudoeste do Paraná e atualmente mora em  Maringá – PR, ela atua como Analista de Negócios/Requisitos, trabalho na empresa DB1 Global Software. Ela está na área a Aproximadamente 10 anos e já atuou na área de Suporte a cliente e Homologação de Software. Formada em Tecnólogo em Informática pós-graduada em Gestão contábil pela UTFPR e Engenharia de Software pela Univel Cascavel.Participação em disciplinas na condição de aluna externa do Programa de Mestrado em Informática da UTFPR, campus Cornélio Procópio, linha de pesquisa Engenharia de Software.

O que faz meus olhos brilhar e meu coração disparar é a palavra “desafio”. O fascínio, a liberdade de propor novas soluções que facilitarão o dia-a-dia das pessoas!

(more…)

Participe da Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher

Olá!

No ano passado aconteceu a campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher. Essa é uma campanha mundial e aqui no Brasil é promovida pelo Governo Federal desde 2003.

Encontrei várias peças dessa campanha e acredito que vale a pena participar mesmo depois do período oficial. Uma forma de participar é publicar nas suas redes sociais essas peças durante 16 dias e também usar a hashtag #PODEPARAR.

Tenho certeza de que com essa atitude simples você conseguirá mobilizar algumas pessoas do seu círculo de amigos e esse movimento se propagará para muitas pessoas.

Para mais informações sobre a campanha acesse.

Como incentivar mulheres no Linux

Olá!

O Paulo Santana fez um trabalho super bacana de tradução de um texto da Valerie Aurora sobre com incentivar as mulheres no Linux. Ele percebeu que os problema citados no texto que foi escrito em 2012 ainda não pertinente nos dias de hoje!

Lembro que quando comecei a ir para os meus primeiros eventos de Software Livre como o FISL em 2005, a Sulamita era uma referência em palestras sobre os problemas com preconceitos que as mulheres enfrentavam (e ainda enfrentam) na área de TI e especialmente nas comunidades de Software Livre. Ela liderava as LinuxChix Brasil, e obviavamente também era referência em palestras de assuntos técnicos diversos sobre Software Livre.

Decidi então fazer o download dos arquivos do HOWTO e revisar a tradução, fazendo pequenas correções para deixar o o texto mais claro e coerente.

Como citei anteriormente, o HOWTO foi escrito em 2002 mas é incrível como os problemas citados são ainda muito atuais. É bom lembrar que naquela época o principais meios de comunicação em grupo na internet eram as listas de discussões por email e os canais de IRC. Ainda não existiam redes sociais como Facebook e Twitter. Se por um lado ao longo dos anos a maioria dos homens está aprendendo a lidar de forma correta com a participação das mulheres e passando a respeitar suas opiniões, especificidades, etc, por outro lado as redes sociais potencializaram a voz daqueles que ainda insistem infelizmente em externalizar seus preconceitos.

(more…)