mulheres

Como incentivar mulheres no Linux

Olá!

O Paulo Santana fez um trabalho super bacana de tradução de um texto da Valerie Aurora sobre com incentivar as mulheres no Linux. Ele percebeu que os problema citados no texto que foi escrito em 2012 ainda não pertinente nos dias de hoje!

Lembro que quando comecei a ir para os meus primeiros eventos de Software Livre como o FISL em 2005, a Sulamita era uma referência em palestras sobre os problemas com preconceitos que as mulheres enfrentavam (e ainda enfrentam) na área de TI e especialmente nas comunidades de Software Livre. Ela liderava as LinuxChix Brasil, e obviavamente também era referência em palestras de assuntos técnicos diversos sobre Software Livre.

Decidi então fazer o download dos arquivos do HOWTO e revisar a tradução, fazendo pequenas correções para deixar o o texto mais claro e coerente.

Como citei anteriormente, o HOWTO foi escrito em 2002 mas é incrível como os problemas citados são ainda muito atuais. É bom lembrar que naquela época o principais meios de comunicação em grupo na internet eram as listas de discussões por email e os canais de IRC. Ainda não existiam redes sociais como Facebook e Twitter. Se por um lado ao longo dos anos a maioria dos homens está aprendendo a lidar de forma correta com a participação das mulheres e passando a respeitar suas opiniões, especificidades, etc, por outro lado as redes sociais potencializaram a voz daqueles que ainda insistem infelizmente em externalizar seus preconceitos.

(more…)

Inscrições Abertas para o Technovation Challenge Brasil 2017

Olá!

Estão abertas as inscrições para o Technovation Challenge Brasil 2017!

?Sobre o Technovation Challenge
O Technovation Challenge é hoje a maior competição do mundo para meninas em tecnologia. O programa começou em 2009, em Mountain View, Califórnia, e no segundo ano já expandiu para outras cidades do Estado, como Los Angeles, Berkeley, São Francisco e São José, além de Boston e Nova Iorque.
?Em 2013, a competição foi aberta globalmente pela primeira vez e contou com a participação de mais de 600 meninas de países como Índia, China, Indonésia, Inglaterra, Ucrânia, Gana, Nigéria e Brasil.
Nestes 7 anos, mais de 10.000 garotas de Ensino Fundamental e Médio desenvolveram  aplicativos e aprenderam as habilidades necessárias para se tornarem empreendedoras de sucesso!

technovation

(more…)

Precisamos falar com os homens?

Olá!

A ONU Mulheres lançou um documentário “Precisamos falar com os homens? Uma jornada pela igualdade de gênero” que tem o objetivo de aproximar os homens de assuntos como a desconstrução de estereótipos e como isso pode ser prejudicial para homens e mulheres. O documentário está muito bem produzido e traz alguns itens para reflexão e também você consegue identificar inúmeras situações que aconteceram ou ainda acontecem na nossa rotina.

Sobre o documentário

No âmbito do movimento #ElesPorElas (HeForShe), o documentário “Precisamos falar com os homens? Uma jornada pela igualdade de gênero” procurará aproximar os homens desse tema tão importante. O objetivo é mostrar que a igualdade de gênero é uma questão que afeta a todos e todas e que, portanto, é benéfica a homens e mulheres. Nele investigamos como se formam, se sustentam e de que modo podemos desconstruir os estereótipos de gênero nocivos, que perpetuam o nosso cenário atual. O documentário é resultado de uma pesquisa qualitativa que rodou o Brasil e será complementado pela pesquisa quantitativa online ainda em curso.
A desigualdade de gênero é uma das violações mais persistentes de direitos humanos do nosso tempo. Ainda que estejamos caminhando para uma realidade mais igualitária entre homens e mulheres, ainda há muito a se construir.

Fonte: ONU Mulheres

Assista  e compartilhe com os amigos 🙂

Grupos de Mulheres na Tecnologia em Curitiba

Olá!

Desde que comecei a pesquisar os grupos para adicionar ao blog não encontrei muitos grupos aqui em Curitiba – PR. O primeiro que conheci foi o Emílias, mas não fiquei sabendo de outros grupos durante um tempo. Em geral fico sabendo dos grupos pesquisando na internet, participando de eventos ou quando alguém indica.

womenO que foi legal é que desde o ano passado notei que surgiram algumas iniciativas aqui e noto que isso pode ser o resultado da difusão de grupos que estimulam a participação de mulheres na tecnologia no país. Nós últimos dois anos percebi que surgiram várias iniciativas e isso é bem bacana.

Até o momento os grupos que conheço em Curitiba são: Women Techmakers Curitiba, Emílias – Armação em Bits, PyLadies – Curitiba, ArduLadies Curitiba e TechLadies.

 

  • Women Techmakers Curitiba: O Women Techmakers Curitiba é uma comunidade independente, dentro do GDG Curitiba, que promove a visibilidade feminina na área de tecnologia.
  • Emílias – Armação em Bits: Projeto idealizado no Departamento Acadêmico de Informática (DAINF) da Universidade Tecnológia Federal do Paraná (UTFPR) que busca a ampliação da participação de mulheres dos cursos de Engenharia da Computação e Bacharelado em Sistemas de Informação da Instituição.
  • PyLadies – Curitiba: PyLadies é um grupo para ajudar e instigar mulheres na área de computação a serem participantes ativas e líderes da comunidade de código aberto Python.
  • ArduLadies Curitiba: É um grupo voltado para o ensino e aprendizado sobre arduíno e hardware livre em geral.
  • TechLadies: TechLadies é uma rede de apoio criada para empoderar mulheres que tenham interesse em ingressar na área de Tecnologia da Informação.

Participe do Mulheres do Amanhã!

Olá!

No próximo sábado dia 29/10 vai acontecer o evento Mulheres do Amanhã.

Sobre o evento:

O evento Por um Planeta 50-50 em 2030: Mulheres do Amanhã! terá palco no dia 28 de outubro de 2016 no Museu do Amanhã. A programação está sendo preparada para inspirar e fornecer insumos para um debate positivo que nos aproxime de um mundo mais justo e igualitário para todas as pessoas. Teremos palestras no formato “Talks”, rodas de conversas, música e poesia. Vai ser incrível!

20161017-mulheres-do-amanha

 

As inscrições são gratuitas e com quantidade limitada a 368 lugares, para fazer a sua inscrição clique AQUI.

Local: Museu do Amanhã- Rio de Janeiro

Horário: das 14h às 19h.

 

Dicas para Mulheres Empreendedoras

Olá!

A edição de junho da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios abordou o empreendedorismo feminino e fez uma lista com 70 mulheres empreendedoras.

A edição também trouxe uma lista de capacitação para mulheres, achei muito bacana e resolvi compartilhar.

10.000 Mulheres

Programa gratuito que oferece64 horas de cursos sobre gestão, recursos humanos e marketing.

Site: http://www.10000mulheres.com.br

DWEN (Dell Women’s Entrepreneur Network)

Conecta empreendedoras de todo o mundo que compartilham redes de contatos, informações financeiras e tecnologia.

Site: http://www.dell.com/learn/us/en/uscorp1/women-powering-business

Global Submit of Women

Reúne líderes femininas de díferentes países, que participam de encontros anuais para discutir a mulher na economia global.

Site: http://globewomen.org/globalsummit/

Women’s Forum

A organização internacional sediada na França promove eventos em diversos países para discutir questões econômicas e sociais sob a perspectiva feminina.

Site: http://www.womens-forum.com/

Winning Women

Iniciativa da consultoria EY para a capacitação de empreendedoras de todo o país.As aprovadas passa a contar com a mentoria de empresárias e executivas de renome.

Site: http://bit.ly/1hCQ9aq

Itaú Mulher Empreendedora

O projeto criado pelo Banco Itaú organiza encontros presenciais e disponibiliza uma plataforma digital com conteúdo sobre gestão e vídeos sobre empreendedoras.

Site: http://www.imulherempreendedora.com.br

Fonte: Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Junho 2015 N°317