Hoje assisti um vídeo bem legal, ele mostra a pequena Alice, uma estudante da terceira série do ensino fundamental descrevendo um experimento que ela define como “quanto tempo leva para brotar batatas em casa”.

O vídeo é bem curto e é legal ver que ela desenvolveu com capricho o trabalho, testou com opções diferentes de batatas e aprendeu sobre alimentação orgânica. Vale a pena assistir o vídeo e ver oque ela parece bem a vontade e aparentente deve ter “treinado” para fazer bonito. 🙂

Vendo esse vídeo refleti um pouco sobre a importância do estimulo em casa, provavelmente a Alice teve a ajuda de alguém para produzir o vídeo e desenvolver o trabalho. Acredito que todos que convivem com crianças tem a responsabilidade de incentivar e estimular os pequenos a conhecerem novas possibilidades para se fazer, por exemplo, um trabalho da escola.

Pode parece algo muito simples, mas com esses pequenos estímulos podemos estar colaborando para que a criança se identifique com o perfil de pesquisador. Pode ser também que o experimento com batatas seja o primeiro passo para um futuro Doutor (a).

O estímulo das pessoas mais próximas é fundamental para desenvolver o interesse das crianças por atividades novas. Acho que todos que tiveram adultos presentes no cotidiano durante a infância lembram de algum trabalho da escola que foi feito de forma dirente porque um adulto ajudou a desenvolver uma nova ideia.

O link do vídeo está abaixo, espero que gostem. 🙂

Compartilhe

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *